24 de setembro de 2014

Portugal disponibilizou avião para vigilância aérea

O ministro da Defesa disse esta quarta-feira no Parlamento que Portugal disponibilizou um avião P-3 Orion para realizar uma missão de vigilância aérea nos Bálticos.

José Pedro Aguiar-Branco adiantou que está prevista uma duração de 30 dias para essa missão, adicional à que Portugal já realiza com seis caças F-16 na defesa aérea dos países bálticos a partir da Lituânia.

O governante intervinha na Comissão parlamentar de Defesa, acompanhado pelo Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, general Pina Monteiro, para falar sobre a recente cimeira da NATO no País de Gales e sobre as Forças Nacionais Destacadas.

A missão do P-3 enquadra-se nas respostas da NATO à Rússia e medidas de apoio à Ucrânia e poderá realizar-se até ao final do ano, provavelmente em Novembro.

O P-3 deverá ficar na base aérea lituana de Siauliai, onde está instalado o destacamento da Força Aérea com seis F-16 e 70 militares
. (DN)