19 de fevereiro de 2017

Exército russo já tem carro de combate com condução autónoma

O Nerekhta está em fase de testes na fábrica russa, para verificar a fiabilidade do sistema de controlo via rádio. Como não necessita de um piloto e um artilheiro presenciais, tem apenas um metro de comprimento e pesa apenas 300 kg, movidos por um motor eléctrico. Pode transportar até 11 kg de explosivos, operando como “tanque suicida”, já que pode aproximar-se de alvos com armadura ou fortificações e detonar-se no local exacto. O Nerekhta está protegido contra tiros de infantaria.

Embora possa ser controlado por rádio, o robô-tanque russo também vai operar com um sistema de navegação, que lhe vai permitir receber instruções acerca da localização de alvos e usar o mapa para se deslocar até eles sem instruções adicionais. É apenas quando atinge o seu objectivo que um operador activa os explosivos remotamente. Em alternativa, pode ser equipado com metralhadores de 7,62 mm e 12,7 mm, funcionando na posição de infantaria mecanizada. (Motor24)