9 de julho de 2017

FRAGATA CORTE-REAL VOLTOU AO MAR


Depois de um período alargado de imobilização, desde Julho de 2015, para revisão intermédia planeada no estaleiro naval da Arsenal do Alfeite, SA, a fragata da Marinha “Corte –Real” regressou ao mar este sábado para realizar um programa de provas de mar às suas máquinas e alinhamentos dinâmicos das armas e radares.

O programa de provas será concluído até ao próximo dia 11 de Julho, com a colaboração do Arsenal do Alfeite S.A. e técnicos da Marinha.

A revisão intermédia levada a cabo nos estaleiros e na doca-seca da Arsenal do Alfeite, SA, permitiu manter a sua actividade operacional e valências inerentes às suas capacidades combatentes..

Assim, durante o segundo semestre de 2017, o NRP Corte-Real retomará a sua normal actividade operacional, que terá início com um período de treino operacional a realizar em Portugal, sob a égide do Centro Integrado de Treino e Avaliação Naval da Marinha e em Inglaterra, sob a égide do Flag Officer Sea Training da Royal Navy.

Após conclusão deste intenso período de treino operacional, o navio ficará pronto para cumprir com todo o espectro de missões que fazem parte do seu conceito de emprego operacional , nomeadamente missões no âmbito da dissuasão e da defesa militar, de apoio à politica externa do Estado e no âmbito da segurança e da autoridade do Estado no mar.

Desde a sua entrada ao serviço da Marinha, em 22 de Novembro de 1991, a fragata Corte-Real já percorreu mais de 430.00 milhas.​ (MGP)