7 de julho de 2018

Navio português lidera força naval multinacional “EUROMARFOR”

A Força naval multinacional “EUROMARFOR”, habitualmente composta por navios de Portugal, Espanha, França e Itália, liderada pela fragata “Côrte-Real” da Marinha Portuguesa, está a participar no “Multi-cooperative Exercise 2018”, que consiste num conjunto de exercícios e actividades de demonstração de capacidades que se realizam em acções combinadas com a Marinha da Mauritânia e a Guarda-Costeira de Cabo Verde.

Neste âmbito, está incluída uma visita ao porto da Cidade da Praia entre hoje, dia 6, e o dia 8 de Julho de 2018.

Para hoje está prevista a realização de actividades de treino e formação da Guarda-Costeira e dos Fuzileiros de Cabo-Verde, bem como a formação do Destacamento de Mergulho da Unidade de Operações Especiais (UEO) de Cabo-Verde, pelo Destacamento de Mergulho da fragata “Côrte-Real” da Marinha Portuguesa.

Neste dia será ainda realizado um treino de Limitação e Prevenção de Avarias e Socorrismo para Equipa da Guarnição do navio patrulha “Djéu” de Cabo-Verde, bem como um exercício em que será simulada uma ameaça de engenho explosivo na estrutura do cais junto aos navios da EUROMARFOR e simulada a aproximação de uma embarcação suspeita de ataque terrorista, accionando resposta a ambas as ameaças.

Já no dia 8 de Julho, será realizado um exercício de abordagem e fiscalização não consentida (sem oposição), bem como um exercício SAR (“Search And Rescue”), pelos navios a participar no “Multi-cooperative Exercise 2018”.

O objectivo deste exercício, organizado pelas Marinhas pertencentes à iniciativa EUROMARFOR, em colaboração com a Guarda Costeira de Cabo- Verde, é promover e melhorar a cooperação entre esta Força naval europeia e a Guarda Costeira deste País, através de exercícios seriados no mar e demonstração de capacidades no porto, focado em operações marítimas, tendo em mente treinar procedimentos para os desafios actuais de segurança internacional.

No decorrer da visita integram esta Força naval a fragata “Côrte-Real”, da Marinha Portuguesa, que irá assumir a função de navio-chefe, e os navios “ITS Sirocco”, da Marinha Italiana e “SPS Canarias”, da Marinha Espanhola.

Durante a estadia em Cabo-Verde, no dia 7 de Julho, os navios dos três Países vão receber a bordo crianças de Instituições de Solidariedade, nomeadamente, do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), de Aldeias Infantis SOS de Cabo-Verde e de Escolas SOS de Cabo- Verde. 
( Emgfa)