6 de agosto de 2014

Força Aérea Portuguesa lançou ontem concurso público destinado à reparação de componentes do sistema de voo dos aviões F-16

A Força Aérea Portuguesa lançou ontem um concurso público destinado à reparação de componentes do sistema de voo dos aviões F-16 no valor de 86 400 euros. O objectivo é conseguir o melhor preço em material para garantir não só a manutenção dos aviões, mas também assegurar que existem peças suficientes armazenadas em caso de emergência. Segundo frisou ao CM uma fonte oficial da Força Aérea, trata-se de uma manutenção regular, planeada de acordo com a disponibilidade financeira daquele ramo das Forças Armadas. A mesma fonte explica que este tipo de contrato, por concurso público, é feito de forma a tentar alcançar o preço mais baixo possível no mercado.

Ao todo, Portugal ainda dispõe de 39 caças F-16, mas vendeu 12 à Roménia, no final de 2013, por um valor líquido a rondar os 78 milhões de euros, uma vez que o contrato prevê gastos do lado português, tanto na formação de técnicos romenos como na preparação das aeronaves.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/economia/86-400-euros-para-manter-cacas-f-16