20 de agosto de 2014

P-3C em missão no âmbito da Organisation for the Prohibition of Chemical Weapons

Uma aeronave P-3C, da Esquadra 601 “Lobos”, foi destacada para a base naval de Sigonella (Itália) para participar na operação “MARITIME ESCORT OF MOTOR VESSEL CAPE RAY DURING NEUTRALIZATION OF SYRIAN CHEMICAL MATERIALS”.

O destacamento ocorreu no dia 10 de Agosto, e a operação, combinada, contou com a participação de diversos meios aéreos e de superfície de várias nações. A finalidade foi assegurar um perímetro de segurança ao navio Cape Ray, enquanto este, através de um processo de hidrólise,procedia à neutralização e respectiva destruição do armamento químico Sírio.

As missões efectuadas pela Esquadra 601 totalizaram mais de 27 horas de voo, traduzidas numa área de patrulhamento superior a 1.000.000 Km².

Em virtude da autonomia da plataforma P-3C e dos múltiplos sensores que a equipam, foi possível aumentar significativamente a Recognized Maritime Picture (RMP) de todos os meios de superfície empenhados na protecção ao navio Cape Ray.

De salientar a interoperabilidade desta plataforma, que tornou possível a partilha de toda a informação táctica entre a aeronave e os diversos meios de superfície envolvidos.

No decorrer desta missão, é ainda importante referir que esta plataforma detectou, embora fora do âmbito da OPCW, uma embarcação de transporte com cerca de 280 emigrantes ilegais cuja localização e respectiva actividade ilegal foi prontamente reportada para as autoridades nacionais.

A missão foi composta por 24 militares, envolvendo tripulação, manutenção, e pessoal de apoio, que possibilitaram o exemplar cumprimento da missão internacionalmente atribuída. Fica o sentido de dever cumprido, numa contribuição indubitavelmente positiva para a segurança dos Países Aliados e da Europa, na salvaguarda da segurança e estabilidade mundial. (FAP)