23 de dezembro de 2015

MINISTRO DA DEFESA AGRADEÇE ESFORÇO DOS MILITARES PORTUGUSES NO KOSOVO

O Ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, agradeceu o «esforço sério dos homens e mulheres» que integram as Forças Nacionais Destacadas por Portugal, designadamente, no Kosovo, Balcãs, onde se deslocou para uma visita natalícia e convívio com os militares.

Dirigindo-se aos 191 militares portugueses que integram actualmente a Força Kosovo (KFOR), o Ministro da Defesa Nacional destacou a importância das missões para a boa imagem e prestígio do País, considerando que o investimento realizado nas Forças Nacionais Destacadas corresponde a uma vantagem competitiva de Portugal no plano internacional que «em termos proporcionais tem um peso muito superior àquilo que pode representar um investimento um pouco maior em termos orçamentais».

O programa da visita incluiu um briefing sobre a missão do batalhão português, uma visita ao aquartelamento, uma demonstração de capacidades, um almoço com os militares destacados e um encontro com o comandante italiano da KFOR, Major-General Guglielmo Miglietta.

A KFOR foi estabelecida em 12 de Junho de 1999 com base na Resolução n.º 1244 do Conselho de Segurança da ONU. Portugal integrou esta operação da NATO desde o seu início, e a partir de 2005 tem vindo a comandar a reserva táctica da KFOR com uma unidade do Exército. Actualmente esta missão é assumida pelo 2.º Batalhão de Infantaria Mecanizado, que substituiu o Grupo de Autometralhadoras da Brigada de Intervenção. DEFESA