26 de janeiro de 2017

REFORÇO DO DISPOSITIVO NAVAL NOS AÇORES

«Ainda este ano, o reforço do dispositivo naval nos Açores será feito através de uma presença muito mais efectiva de um dos navios hidrográficos da Marinha», afirmou o Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, durante a cerimónia de atribuição do navio «Viana do Castelo» da Marinha ao serviço da Autoridade Marítima Nacional, em Ponta Delgada.

O Secretário de Estado acrescentou que o navio «fará a actualização dos levantamentos cartográficos, missões no âmbito do salvamento marítimo, de apoio à proteção civil, e de projecção e de capacidade logística que a Marinha deve ter na região».

O Secretário de Estado destacou a colaboração profícua entre a Marinha e a Autoridade Marítima Nacional, referindo que «o aproveitamento dos recursos da Marinha em benefício e apoio das operações da Autoridade Marítima Nacional exponencia a capacidade de intervenção».

Marcos Perestrello realçou o esforço «que a Marinha tem feito de reforço dos meios ao seu dispor nos Açores», que «é, também, o reconhecimento de que esta região é não só parte integrante do território nacional, mas uma parcela cujas especificidades e carácter arquipélago devem merecer uma atenção muito especial das Forças Armadas e, neste caso, da Marinha».

Para o início de 2018 está prevista «a entrada em funções de uma nova embarcação da geração Vigilante 21, um salva-vidas de grande capacidade, da indústria nacional, projectado e construído no Arsenal do Alfeite”, disse ainda o Secretário de Estado. (MDN)