13 de fevereiro de 2018

FRAGATA DA MARINHA "ÁLVARES CABRAL" CHEGA À MAURITÂNIA

A fragata da Marinha Portuguesa “Álvares Cabral” atracou esta segunda-feira, dia 12 de Fevereiro, no porto de Nouakchott na Mauritânia, onde permanecerá até ao dia 13 de Fevereiro, por forma a desenvolver acções de treino e de cooperação com a Marinha da Mauritânia, promovendo a cooperação e interoperabilidade com forças congéneres.

Portugal e a Mauritânia são dois países que integram a iniciativa política de Defesa 5+5, diálogo que foi lançado em 1983 e tem como objectivo promover a cooperação entre os países ribeirinhos do Mediterrâneo Ocidental, nomeadamente a França, Itália, Portugal, Espanha e Malta e os países do Magreb, Argélia, Líbia, Mauritânia, Marrocos e Tunísia (a sul). Com efeito, esta iniciativa visa criar e manter um clima de confiança e de franca colaboração entre os dez países em resposta aos desafios comuns na área da segurança e defesa.

A visita do NRP Álvares Cabral a este porto insere-se ainda no âmbito da missão Iniciativa Mar Aberto que tem como principal objectivo contribuir para o esforço internacional de capacitação dos países do Golfo da Guiné em matéria de segurança marítima e combate às actividades ilícitas no mar.

De referir ainda que, durante o trânsito da Base Naval de Lisboa para a Mauritânia, o NRP Álvares Cabral levou a cabo diversas acções de treino por forma a manter os seus padrões de prontidão operacional, das quais se destacam a realização de exercícios de proteção do navio perante a ameaça assimétrica e não convencional, tiro de armamento portátil e de médio calibre, e ainda o adestramento das guarnições na resposta a situações de emergência interna, como incêndios ou alagamentos, avarias no sistema de governo ou queda de homem ao mar. (MGP)