21 de junho de 2018

Escola das Armas celebrou o seu 5º Aniversário

No âmbito das comemorações do seu 5º aniversário, realizou-se no dia 19 de Junho, na Escola das Armas (EA), em Mafra, a Cerimónia Militar Comemorativa, presidida pelo Chefe do Estado-Maior do Exército, General Rovisco Duarte.

A cerimónia militar, realizada em frente ao Convento de Mafra, materializando assim a relação próxima entre a cidade e os militares, contou com a presença do Chief of the Defence Staff da República Centro-Africana, General de Brigada Ludovic Ngaifeï, e teve ainda a comparência das entidades civis e militares, locais e regionais, que se associaram às comemorações, das quais se destaca o Presidente da Câmara Municipal de Mafra, Eng.º Helder Sousa Silva.

Releva-se, da agenda comemorativa deste dia tão especial para a Escola de todas as Armas do Exército Português, as demonstrações de capacidades e meios, das quais se destacam a exposição estática das Tropas Especiais e a demonstração de Combate em Áreas Edificadas, no Centro de Excelência de Combate em Áreas Edificadas, conhecido como “Aldeia de Camões", bem como a demonstração de actividades equestres pela Reprise da Escola de Mafra, no campo Brigadeiro Henrique Calado, no quartel de S. Januário.

Na sua alocução, o Comandante do Exército referiu que a edificação da Escola das Armas, como uma estrutura de formação do Exército, actual e dinâmica, se destaca pela extraordinária eficácia revelada pelos nossos camaradas mais jovens no cumprimento das suas missões, “quer estas se desenrolem nos mais exigentes teatros de operações, da República Centro-Africana ao Afeganistão, na Cooperação Técnico-Militar, ou no âmbito da actuação interna, em acções de apoio ao desenvolvimento e bem-estar das populações." Dirigindo-se aos militares e civis que servem na Escola das Armas, afirmou que continuará a contar com a determinação, coesão, disciplina e elevada competência técnica de todos, assegurando o esforço de permanente melhoria da acção formativa dos nossos quadros e contribuindo de forma decisiva para o progresso e prestígio do Exército, das Forças Armadas e de Portugal." (Exército)